")

05 maio 2021

Reencontro - Amor Vampiro

Venha para o meu castelo 
quero te mostrar meu mundo 
somente ali eu te revelarei,
o meu lado mais profundo. 

Foste paixão que a fatalidade
sem dó arrancou de mim 
foi num  passado longínquo, 
nosso destino quis assim.

Por perder-te  meu amor 
praguejei contra o Criador 
amaldiçoado por meu ódio 
vaguei pela terra errante. 

Habitei castelos sombrios 
esgotos fétidos e escuros, 
procurava meu alimento
nos lugares mais obscuros.

Pousei sobre  beirais e muros 
invadi quartos de donzelas 
tomei corpos, suguei sangue 
  e assim, causei dor e  mazelas.

Mas tudo que fiz, foi em vão  
encontrava o pão e o vinho 
mas jamais encontrei tua alma
 e segui solitário pelo caminho.

Desta vez não deixarei,
que o infortúnio te leve 
prefiro uma estaca no peito 
para que meu fim seja breve.

Estás aqui em meus braços 
neste beijo envolvente 
sorverei seu doce néctar
não hesitarei novamente.

Há nesse seu lindo corpo
 uma botella do melhor vinho,
requintado e saboroso
da melhor casta já vista.

Satisfará o meu paladar
revivendo a libido perdida
saciando minha sede secular 
há muito tempo adormecida.

Muitas noites venturosas  
uma após a outra virão,  
pelejas intensas de amor 
plenos de desejo e ardor. 

Reconquistarei o paraíso, 
estando aqui, ao teu dispor 
precisei viver muito tempo    
mas,  te reencontrei....amor!

Valter Montani
conheça meus outros blogs:
Clicksdopoeta: fotografias e afins
Selos & Prêmios : Galeria do Poeta
Poetacards: cartões com pensamentos 

12 abril 2021

Amor Medieval (repostagem)

imagem Google images  obtida sem autoria

  Mulher formosa criatura 
  Que habita o vale de meus pensamentos, 
 No fundo é o teu desejar 
 Apoderar-se de meus sentimentos. 

 Eu, cavaleiro de fina nobreza, 
 Sempre pronto para o bom combate
 Despreparado para a esta contenda
 Pois é pelo desejo que tu me abate. 

 Ao sentir sua doce presença 
 Um frio corre-me a espinha 
 E me acende um louco anseio, 
 Que sejas minha rainha.

 Teus cabelos macios e perfumados 
 Emolduram teu rosto sedutor 
 Tornando-me ainda mais desejoso
 De fazer-me serviçal do teu amor. 

 No teu corpo voluptuoso 
 Os seios saltam-me à vista 
 E aturdem ainda mais minha mente 
 Já dominada pelo fogo da cobiça.

 Tua cintura esguia e escultural 
 Encaminha-me os olhos até tua generosa anca 
 Onde imagino minhas mãos repousadas 
 Como a segurar um brinquedo uma criança

 E obcecado por este desejo 
 Sigo enfeitiçado por meu caminho
 Louco por sentir o gosto do teu beijo
 Ávido por ser digno do teu carinho. 

 Se um dia você quiser satisfazer 
 Estes desejos que vivo a sonhar 
 Venha num súbito rompante 
 E me faça teu vassalo sem chance de escapar. 

 Jogue-me na masmorra de seu castelo
 Submeta-me a tortura e a dor 
 Mas não deixe nunca que eu morra 
 Sem ser agraciado pelo teu amor. 

 Ou então, seja ainda mais rápida 
 Não tenha piedade de meu coração 
 Introduza-lhe a espada da recusa
 E liberte-me do grilhão da ilusão. 

 © Valter Montani
 revisão de texto: Regina Azevedo
 

conheça meus blogs de cartões & fotografias:


08 março 2021

DIA INTERNACIONAL DA MULHER


MULHER

Pobre daquele que não reconhece o seu valor
Infeliz aquele que nunca sucumbiu a seu encanto,
Pois emerge dessa criatura, repleta da luz
que ofusca a visão de qualquer mortal ,
um ser místico, ora delicado ora felino e.fatal,
nascendo no olhar ingênuo de uma menina
Conscientemente ou não, pelo destino preparada
para competir com igualdade por seu lugar
no mundo inóspito, inescrupuloso e machista
regido pela ganância mercantilista e egoísta.
Também para ser mãe e lutar por sua prole feito heroína,
não importa sua nacionalidade, religião, raça ou cor ,
profissão, posição política tampouco social,
o que vale é o tato, a intuição, o carisma, o pé no chão
a firmeza de que dispõe, constante na busca do seu ideal
sem jamais perder a angelical delicadeza maternal
Sem esses adjetivos, próprios da alma feminina,
nossa existência decerto seria tristemente banal
Somente um dia em tua homenagem é muito pouco;
todos os elogios dos poetas nunca poderão expressar
que a mulher é portal da luz da vida, do verdadeiro amar
Então, continue nos ofuscando com seu brilho essencial,
e que me desculpe o grande mestre Vinícius de Moraes
pois, independentemente de ser bela, a mulher é fundamental.
© Valter Montani
revisão de texto, lapidação e pitacos: Regina Azevedo


Parabéns a todas as mulheres companheiras de luta em bons e
maus momentos, que nunca fugiram a luta mesmo nos momento difíceis
como estamos atravessando nesse momento. Força!

conheça meu blog de cartões: 
fotografias:


Postagem em destaque (clique no título)

Mulher e poesia

A Mulher e a Flor. fornecem a fragrância que acende a chama da paixão e para todo aquele que ama transborda a alma de felicida...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *