")

22/02/2021

MAGA

Há, no seu jeito de olhar, 

algo que me surpreende: 

este brilho multiforme 

e a meiguice que empreende.

 Há, no seu jeito de olhar,

 a candura de uma criança 

um lindo azul natureza 

que não me sai da lembrança. 

 Nos seus olhos se encontra

 enorme poder de enfeitiçar

 que leva um homem à loucura 

até sua mente embriagar. 

 Em torno de sua pupila 

brilhando resplandece o sol 

que fisgou meus sentimentos 

como se fosse um anzol.

 Pairam, nos seus olhos, 

o poder de a todos cativar, 

a pureza quase angelical

 e a grande sede de amar.

© Valter Montani

Revisão de Texto Regina Azevedo

conheça meu blog de cartões: 
fotografias:


03/02/2021

Algumas poesias.....


Visão

Quando te vejo
Meu dia se ilumina
tua presença doce me fascina
teu sorriso me anima, alucina
e minha tristeza logo se termina.
Quando te vejo
Meu coração como pluma fica leve
Minh’alma branqueja como neve
meus olhos te seguem de um lado a outro
minha dor se abranda, torna-se breve
Monumento de beleza interna e externa
meiguice quase pura aparência terna
tranqüilidade que nunca se altera
e um mistério em ti encerra
Não sei se por trás disso tudo
está a bela ou a fera, só sei que
Quando te vejo
meu metabolismo se altera,
e minha felicidade tudo supera


Valter Montani. 

Todos os direitos reservados







Anjo

Adorável mítica criatura
Símbolo de meu encantamento
Que flutua no ar feito pluma
Após toda a sorte de tormento


Sei que sofreu em seu passado
Porém, conserva sorriso puro e franco
E uma invejável pureza de espírito
Que os olhos transbordam em encanto

Ao fitar seus olhos e meigo sorriso
Senti algo terno e muito impreciso
Fiquei paralisado por um momento
Ao saber da sintonia de pensamento


Durante o momento que permaneci
A observar sua aura sentir a magia
Foi como nossos espíritos bailassem
Ao som de uma cósmica melodia

Sei que é um anjo que desceu à terra
Viveu uma paixão e quebrou a asa
Mas sei que também como uma Fênix
Há muita vida sobre suas cinzas em brasa

© Valter Montani




Indecifrável


Sento-me à mesa de um bar

buscando uma bela inspiração

empunhando caneta... papel à mão

mais uma tentativa em vão


Pois bem, sempre quando tento...

escrever algo sobre você,

Sinto-me inseguro, foge-me a explicação

jamais conseguirei decifrar seu coração


É certamente, para mim, um mito
intransponível como as muralhas da China
indecifrável feito a esfinge do Egito
criatura mítica que os sentidos domina


Às vezes madura, noutras menina
um bocado mártir, outro tanto heroína,

como qualquer mortal tem seu desatino,

através de seus atos constrói o destino



Nem sempre satisfeita com o que tem

Porém sábia sobre aquilo o que quer.

A este limitado Poeta, apenas convém

Curvar-se diante de ti e admirar-te, Mulher.


©Valter Montani . 





O Poeta e a Poesia


O poeta de maneira discreta
capta as emoções da vida.
e com palavras as interpreta
seus versos são como bálsamo
                                    para as feridas

A poesia não tem fronteiras
nem de tempo nem de espaço
colhe os louros da vitória
e as agruras do fracasso

O poeta e a poesia se unem
e sem limite de tempo e espaço
caminham pelo universo das almas
abrandando dores e cultivando amores

Juntos e poderosos, viajam pelo tempo
endeusam amores eternizam momentos
navegam pelos mares dos sonhos
naufragam em meio a tormentos

Mas emergem das profundezas
e retornam com nobreza sua jornada
pois para o poeta e a poesia
não há tempo de parada

Quando desprezados são
tudo fica mais cinzento
as palavras ficam tristes
recheadas de lamentos

Porém se recompensados
pelo amor e pelo carinho
flutuam no azul do firmamento
feito dois passarinhos....


© Valter Montani


conheça meu blog de cartões: 
fotografias:


14/01/2021

A PRINCESA E O POETA


Ontem tive um sonho tão bonito
sonhei com uma princesa
que meu mundo habitou

Veio para mudar minha vida
me tornando um menino
e à infância me levou.

Com sua aura colorida
em meio a formas multicores
um arco-íris em meu céu

Tinha a pele rosada
cabelos negros escorridos
e os olhos da cor de mel

Chegou com pincel em mãos de fada
colorindo minha vida
dando luz ao coração

Como uma linda aquarela
que surgiu em minha tela
feito forma de paixão!

© Valter Montani

A primeira poesia a gente nunca esquece!

Escrita em 1980 

conheça meu blog de cartões: 
fotografias:



Postagem em destaque (clique no título)

Mulher e poesia

A Mulher e a Flor. fornecem a fragrância que acende a chama da paixão e para todo aquele que ama transborda a alma de felicida...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Cúmplices Poéticos

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *