01/04/2011

O cavaleiro e a feiticeira


O cavaleiro e a feiticeira

Foi assim que aconteceu:
da forma mais inesperada
a bruxa apontou seu dedo
e a magia estava lançada.
 

Sim,  num passe de mágica!
Mas, não mero ilusionismo.
A paixão tomou sua forma,
encanto vestido de lirismo.

Um artifício da sedução,
logo atravessou o escudo
que protegia aquele coração.
Então, ela se apossou de tudo.

O guerreiro, se fez escravo
traído pelo amor a feiticeira.
Ela venceu o nobre bravo,
 conquistando sua bandeira.
 

Aquele  homem portentoso
 
que bradava suas vitórias
transformou-se  em vassalo,
esquecendo suas glórias. 
  
  E o que pode um guerreiro
diante da fera da paixão?
Apenas entregar suas armas
render-se de corpo e coração! 


Sua vaidade foi uma passagem
atalho rápido e muito seguro
conduziu-o direto ao abismo
pois, estava cego pelo orgulho.
 
Valter Montani
Clicksdopoeta: fotografias e afins
Selos & Prêmios : Galeria do Poeta
Poetacards: cartões com pensamentos

21 comentários:

  1. amei... preciso voltar com calma, tem muita coisa pra ler...bjs

    ResponderExcluir
  2. Entregue a paixão será o cavaleiro abastecido pelo maior combustivel o amor de sua feiticeira...

    ResponderExcluir
  3. OLá Valter...
    Sua bela poesia retrata bem muitas histórias.
    Quantas pessoas por se deixarem levar pelo orgulho e a vaidade deixam de viver um grande amor?

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  4. Valter,
    se nos rendemos ao amor ele floresce e nos encanta..
    gostei imenso!
    beijos perfumados

    ResponderExcluir
  5. Maria Tereza, seja bem-vinda e volte sempre. Tatiana, Mari e Ingrid, as palavras de vocês sempre carinhosas me impulsionam a procurar manter viva em mim, a chama da poesia. obrigado!

    ResponderExcluir
  6. Meu querido Poeta

    por vezes o orgulho é inimigo do amor...e perde-se esta ou aquela pessoa, por palavras que não se dizem....adorei como sempre e deixo um beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  7. Adorei, muito bom as últimas palavras. Bjos!

    ResponderExcluir
  8. OLÁ MEU QUERIDO!!!
    SUA ALMA É LINDA!!!
    POIS DERRAMA SOBRE NÓS ESSE MAR IMENSO DE BELEZA.
    FICO SEMPRE ENCANTADA COM SUA
    LUZ.
    UM FIM DE SEMANA ENCANTADOR COMO VC.

    ResponderExcluir
  9. Obrigado amigas, apenas digo uma coisa para Noemi:
    Estou longe de ser uma pessoa com toda essa luz que você imagina, quem me dera!
    Sou como a maioria das pessoas e quem me conhece sabe bem, apenas um homem com seus defeitos (muitos) e suas qualidades. O que me torna talvez um pouco diferente é que tenho consciência que tenho mmuito para melhorar e tento. Se vou conseguir, somente no último capítulo da minha história poderei saber. Mas agradeço pelas palavras, se eu consigo passar isso é sinal que poderei ser assim.
    Yes we can!

    ResponderExcluir
  10. Medieval, profundo, apaixonante. Amei. Beijos doces.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Valter
    O orgulho nos torna cegos e não nos leva a um bom termo...
    Gostei muito do desfecho final... Excelente mensagem nos passa!!!
    Abraços fraternos de paz

    ResponderExcluir
  12. Oii um lindo final de semana,
    Que seu dia seja repleto de grandes alegrias e satisfações
    Porque você é único
    e tem todos os ingredientes para torná-lo
    ****** E S P E C I A L ******
    Sorria muito.........
    Ria bastante.....
    curta o dia.....
    tarde.....
    noite todos os frutos
    quem irá colher é você mesmo,

    então.....

    Aproveite.........

    Tenha um ótimo dia

    Beijos em seu coração!!!

    ResponderExcluir
  13. Valter, obrigada pelo freqüente carinho!
    bom fim de semana pra ti também...
    (é teu o poema no comentário no NICHOS?
    se sim ou não, também achei very good de bom!)
    beijo.

    ResponderExcluir
  14. Valter

    Orgulho destrói, orgulho mata.
    A paixão é intensidade, entrega cega.
    E prega cada rasteira, que é um passo até ao abismo.
    Lindo como sempre!

    Beijinhos

    Luar

    ResponderExcluir
  15. De certa forma o sentimento de orgulho é marcado pelo caráter extraordinário de alguma característica ou talento que possuímos.
    Já a humildade seria o contrário do orgulho.
    Valter, adorei sua poesia medieval, mas essa bruxa de prodigioso talento é dona de grande riqueza.



    Tenha uma ótima semana, plena em realizações e alegrias!

    Bjs,
    Anne.

    ResponderExcluir
  16. Nada mais opressor e indizível que o orgulho, ele nos cega, escondendo de nós o melhor jeito de viver: O simples.

    Poeta tua poesia é perfeita, cheia de lirismo e história, seo me resta apaludir-te

    Abraços e ótima semana pra ti

    ResponderExcluir
  17. Poeta Valter MOntani.

    A magia do amor quando toca o coração de alguém, não tem como escapar...É viver libertar-se de tudo que te acorrenta de ser feliz... Dar tempo para esse encanto dar o destino certo aos corações apaixonados...

    Tenha uma semana cheia de encanto em sua vida poeta.

    BJSS LU... :)

    ResponderExcluir
  18. Lindo conto em forma de poema..

    Bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  19. Olá Valter
    Linda poesia! como você sabe fazer, usando a emoção, falando de paixão e nos encantando como sempre.
    Beijos,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  20. Valter hehehe visão masculina da conto? Nos deixamos escravizar espontâneamente pelo amor pois muitos de nós não conseguimos viver apartado de amar. Eu queria muito não precisar amar a ninguém, mas é a única coisa q sei fazer de bom nessa vida.

    Beijos ( procuro um cavaleiro!)

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *