25/04/2011

Entardecer de uma paixão (saindo da gaveta)

 Entardecer de uma paixão

No crepúsculo, ao entardecer de tudo
caíram por terra as últimas esperanças
que teimavam ainda em permanecer.
Naquele horizonte tão frio e sombrio
que estampava-se a  minha frente,
podiam ser ainda facilmente vistos
pairando,  os derradeiros resquícios
que restavam, daquilo que outrora
fora chamado de paixão....  amor.
Mas felizmente e com toda certeza
ainda me resta uma porção de nobreza
poderei mirar no fundo de seus olhos
e lhe falar com toda minha franqueza:
Prefiro sim, sentir a dor da separação,
mas, viverei melhor sem a sua presença
pois, viver contigo foi apenas sobreviver
numa relação tola e de absoluta incerteza!

Valter Montani
Mais um texto que estava esquecido num canto empoeirado de meu passado. Exorcizado. 
Clicksdopoeta: fotografias e afins
Selos & Prêmios : Galeria do Poeta
Poetacards: cartões com pensame

27 comentários:

  1. Belíssima despedida! Uma relação tem que ser vivida com intensidade, amor e muita cumplicidade! Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  2. Parabêns,lendo essa verídica poesia,fez lembrar de um relacionamento que estava assim...
    desejo de coração Valter, que vc cada vez mais faça muitos sucessos com tudo que você externa tão bem...parabêns adorei mais essa.
    Seus blogs só fazem bem,que essência...tem todas suas poesias,eu fico encantada...beijos com ternura.
    Carmencita-Karoll.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, uma separação deve doer doer...
    doer...
    Credo!
    Prefiro morrer!
    Rs rs
    Um beijao, menino.
    Com carinho
    e uma flor
    rosa de Fátima

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo, acredito que temos que viver algo enquanto nos faz bem, no momento que se torna vazia e tola, esta na hora da despedida, mesmo que seja dolorosa. Muito bom estar em seu blog e poder ler essas palavras. Bjs no coração.

    ResponderExcluir
  5. Valter

    Exorcizar é limpar, é evoluir, é deixar seguir, é aceitar as situações bem resolvidas. Escrever ou falar delas, deixa-nos conscientes desse passado que fez parte de nós e da nossa vida.
    Muito bonito como sempre.
    Uma vivência partilhada.

    Beijinhos de Luz

    ResponderExcluir
  6. Nós, poetas, temos a dádiva de limpar nosso inconsciente através da poesia. E o desabafo foi eloquente! Adorei!
    Beijos mil!!!!

    ResponderExcluir
  7. Parabens Poeta, mas uma vez me emociona...

    continue eternamente assim!
    bj

    Lis

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde!
    Se puder e tiver um tempo, passe lá no meu blog. Se gostar, me siga. Será um prazer ter sua visita e ver lá seus coments.
    Muitas felicidades, hoje e sempre.
    Mega abraço iluminado.
    João.
    www.ludugero.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. HUMMMMMMMMLINDA DEMAIS, AMEI A POESIA. PARABÉNS POETA!!!!!!!TENHA UMA LINDA SEMANA.BJS

    ResponderExcluir
  10. Versos que retratam a coragem de enfrentar uma realidade de frente, apesar de dolorosa.
    Gostei de ler verdade e sensibilidade em seu poema...beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  11. Meu querido Poeta

    Mais vale só que viver uma solidão acompanhada, que é muito triste, como sempre escreves a alma, adorei e deixo um beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  12. Hora de ir. Hora de ficar. Há um tempo para cada coisa. Belos versos poeta. Beijos da Joii.

    ResponderExcluir
  13. Creio que a vida seja esses encontros e desencontros que nos fazem aprender e crescer!

    Um abraço carinhoso Poeta!

    ResponderExcluir
  14. oi amigo, obrigada pela visita, é sempre um prazer recebe-lo no meu blog. tenha um lindo dia e bom fim de semana!!!!!!!bjs

    ResponderExcluir
  15. Pra ti, um ótimo fim de semana. Beijos da Joii.

    ResponderExcluir
  16. Podem ir para caminhos distintos, cada um carregando suas frustrações, mas ambos ficam com um pedaço da sombra no coração.

    ResponderExcluir
  17. Reatou???
    Rs
    Bom final de semana, menino!
    Com carinho e uma flor
    rosa
    de Fátima

    ResponderExcluir
  18. Amei este poema repleto de sensibilidade e encantamento, Walter. Bom fds, abrçs.Milla

    ResponderExcluir
  19. Que lindo Valter! Mesmo despedidas e separações serem tão cruéis, mais ainda é viver algo que não nos tira mais o fôlego, nem nos enlouquece.

    Belíssimo. Beejo,beejo. Tenha um belo domingo. =)

    ResponderExcluir
  20. Olá amigo poeta!!
    Carinhosamente vim agradecer sua visita no meu cantinho.
    Esta quase chegando o seu dia de ser um dos homenageados na minha doce ..Viagem
    Seus poemas são um encanto todos são simplesmente lindos.
    beijos e beijos meus,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá belo amigo poeta. Este poema e teu...Sentimentos no qual conheço bem
    Adorei tua visita, é sempre uma honra e um prazer te-lo como amigo.
    beijos, bom inicio de semana
    cheia de muita luz para iluminar seu caminhar.
    ceceu

    ResponderExcluir
  22. Oh amigo belíssimo e verdadeiro!
    A perfeição do encaixe das palavras, conferiu sonoridade e passou o sentimento de dor e aceitação.. Mágico só mesmo um poeta meu amigo...
    Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá amigos,

    Agradeço por suas visitas e comentários, muito me alegra e motiva a continuar esse carinho que me proporcionam.
    Somente esclarecendo esse texto é antigo e, como muitos outros que postei no blog, saiu da gaveta. Claro que o original não era assim. Uma das vantagens de ser poeta é a possibilidade de contar a história a sua maneira.
    Tenham todos uma excelente semana!

    ResponderExcluir
  24. Gostei, rica suas palavras poeta Valter
    Paixão palavra que soar, quase sem querer sair com toda sua tonicidade... carrega em si, total poder de dominar corações apaixonados com intensa veracidade sofrida ou não. Mas ainda bem que em nós prevalece o instinto de sobrevivência em superar as paixões avassaladoras.

    BJSS LU... ;)

    ResponderExcluir
  25. Obrigada pela visita.
    Belo poema!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  26. MEU QUERIDO WALTER A TERNURA DE TER AMIGOS COMO VOCÊ SÓ SE ENCONTRA NOS JARDINS DE TODOS OS POETAS.
    Gosto do que escreve e sempre seremos a espera de algo para que nossos vazios sejam preenchidos porque não vale metade e sim um todo.

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

fale@comigo

Minha foto

Sou um Poeta que outrora oculto, graças ao incentivo de amigos vem publicando seus escritos através dos Blogues: "Valter Poeta" e "poeta Cards", os quais tenho a honra de convidar-lhe a conhecer.

http://valterpoeta.blogspot.com/
http://poetacards.blogspot.com/
http://clickdopoeta.blogspot.com/
http://bloglivrovalterpoeta.blogspot.com/

Valter Montani, Casado, Economista, Auditor de Meio Ambiente pela   Fundação Vanzolini,   Especializado em    Qualidade pelo PECE-Escola Politécnica da USP.
ATENÇÃO: 
 ALGUMAS IMAGENS UTILIZADAS NOS MEUS BLOGUES SÃO ORIUNDAS DA NET, SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS. 
QUALQUER PROBLEMA FAVOR ENTRAR EM CONTATO. MEUS BLOGUES NÃO VISAM NENHUM TIPO DE LUCRO FINANCEIRO, FORAM CRIADOS APENAS PARA DIVULGAR MINHAS POESIAS, PENSAMENTOS E FOTOGRAFIAS.

SAUDAÇÕES!

Valter Montani

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *