19/10/2010

Loba (saindo da gaveta)

 LOBA

Saio pela cidade fria e escura
em meio a solidão vou vagando
apenas o clarão da lua cheia
meu caminhar vai iluminando.

Encontrar-te é meu estúpido desejo
e poder contigo ter algo promissor
realizar o que me leva ao desespero
ser enfim, dono exclusivo de teu amor.

Mesmo sabendo da cruel realidade
que tu: és apenas uma loba voraz!
e, através do poder do encanto lunar
 igual outros, somente me consumirá. 

Vou assim a seguir meu tolo estímulo
 pensando ter o poder duma loba dominar
na ilusão entrego-me saciando teu apetite:
sou apenas mais um a se deixar devorar.


Valter Montani

Olá amigos,
Mais escrito que estava no fundo da gaveta, esquecido. Confesso que alterei antes de publicar para tornar mais atrativo, espero que gostem. Grande abraço a todos e obrigado sempre pela presença e comentários.
Meu blog de Cartões: Poetacards
Selos e Prêmios para amigos e parceiros: Galeria do Poeta

22 comentários:

  1. Valter, talves seja uma incrivel coincidência,mas nossas cabeças estavam na mesma sintonia, rsrs da um pulinho la no meu cantinho e leia a minha postagem que praticamente postamos juntos,rsrs que legal.
    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Meu querido
    Ainda bem que vais dando volta às tuas gavetas, mais um poema lindo...que essa loba te encha de amor...

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que tirou da gaveta Valter, é um lindo poema, intenso!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que não ficou engavetada.
    Que essa loba faça -o feliz.
    Belíssima poesia!
    Parabéns meu poeta!
    Beijinhos, e que Deus te ilumine sempre!

    ResponderExcluir
  5. Amigo Valter:
    Es una suerte que no se quedara en el cajón este bello poema. Gracias a eso hemos podido disfrutarlo.-
    Un abrazopoeta amigo

    ResponderExcluir
  6. Valter

    E o que é o amor senão corpo, alma e coração?

    Belo poema!

    Boa noite.

    ResponderExcluir
  7. Obrigado amigos pela presença e comentários.
    Hoje 20/10/2010 é dia nacional do Poeta
    parabéns a todos nós!

    ResponderExcluir
  8. Passando pra desejar um feliz dia do Poeta!!

    Beijos e felicidades mil...

    Chris...

    ResponderExcluir
  9. Caro Valter

    Ando ausente da blogosfera por alguns motivos, mas não me esqueço dos bons amigos.
    Vim lhe deixar meu abraço pelo Dia do Poeta.
    Aqui como sempre está perfeito! Poesia, imagem e música em sintonia!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. HOLA!!!, VENGO A COMPARTIR CONTIGO LA ALEGRÍA
    DE LOS 100 AMIGOS DE “RINCÓN DE AMIGOS” Y PARA FESTEJAR TE INVITO A
    PASAR A BUSCAR “EL BRINDIS”…

    CARIÑOS Y BESOS.

    PATRY

    ResponderExcluir
  11. Essa tua gaveta parece mais um baú de surpresas... e que surpresas belas!!! E o que importa se será apenas mais um a ser devorado, aproveite o máximo esse momento gostoso e tudo vale a pena.
    Bjs meu poeta avassalador...

    ResponderExcluir
  12. Valter!
    Amei seu blog!
    que fala de amor - sentimento que todos entendem e, muitos fogem....
    abraços,

    ResponderExcluir
  13. Se deixar devorar...
    O ato de se permitir!
    Lindo demais!

    Beijos,poeta!

    ResponderExcluir
  14. HOLA AMIGO, EL BRINDIS POR LOS 100 AMIGOS ESTÁ EN MI OTRO BLOG:
    http://entrelosrincones.blogspot.com/

    MIS SALUDOS!!

    ResponderExcluir
  15. Um poema desses não pode ficar na gaveta, Valter! Tem que sair dela e vir direto pro coração da gente. Bjs, desculpe a minha ausencia.

    ResponderExcluir
  16. "Finos clarins que não ouvimos devem
    soar por dentro da terra, nesse mundo
    confidencial das raízes, — e arautos sutis
    acordarão as cores e os perfumes e a
    alegria de nascer, no espírito das flores."

    Cecília Meirelles

    Feliz Domingo e excelente semana prá voce!Sempre Beijos...M@ria

    ResponderExcluir
  17. quero ter a honra de te-lo comigo e teus escritos tbm! bjs!

    ResponderExcluir
  18. que bom que está abrindo o baú, pois de lá só anda saindo maravilhas! :)

    ResponderExcluir
  19. Oi Valter!
    Entre os meus poetas fofos, é claro q vc não pode faltar!
    Obrigada pela doce visita.

    bj
    .
    L!zzA

    =)

    ResponderExcluir
  20. Oi Valter!
    Entre os meus poetas fofos, é claro q vc não pode faltar!
    Obrigada pela doce visita.

    bj
    .
    L!zzA

    =)

    ResponderExcluir
  21. "Encontrar-te é meu estúpido desejo
    e poder contigo ter algo promissor
    realizar o que me leva ao desespero
    ser enfim, dono exclusivo de teu amor"

    Eu adorei isso!! É tão bom ver poemas assim com identidade..
    amei!

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  22. Valter,belíssima a sua loba!!!Tenha uma bela noite! Saudações Poéticas!

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

fale@comigo

Minha foto

Sou um Poeta que outrora oculto, graças ao incentivo de amigos vem publicando seus escritos através dos Blogues: "Valter Poeta" e "poeta Cards", os quais tenho a honra de convidar-lhe a conhecer.

http://valterpoeta.blogspot.com/
http://poetacards.blogspot.com/
http://clickdopoeta.blogspot.com/
http://bloglivrovalterpoeta.blogspot.com/

Valter Montani, Casado, Economista, Auditor de Meio Ambiente pela   Fundação Vanzolini,   Especializado em    Qualidade pelo PECE-Escola Politécnica da USP.
ATENÇÃO: 
 ALGUMAS IMAGENS UTILIZADAS NOS MEUS BLOGUES SÃO ORIUNDAS DA NET, SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS. 
QUALQUER PROBLEMA FAVOR ENTRAR EM CONTATO. MEUS BLOGUES NÃO VISAM NENHUM TIPO DE LUCRO FINANCEIRO, FORAM CRIADOS APENAS PARA DIVULGAR MINHAS POESIAS, PENSAMENTOS E FOTOGRAFIAS.

SAUDAÇÕES!

Valter Montani

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *