21/05/2010

Pecados de amor (saindo da gaveta)

Se amar-te foi um pecado,
então já estou sentenciado.
Meu corpo já não me pertence,
minha mente foi subjugada,
pertinaz, só tenciona ter-te.
Espero de Deus, apenas piedade
quando penitente eu morrer de amor
tenha da minha dor, compaixão
e absolva o espírito deste homem
que em desatino para ti entregou:
o corpo, a alma e o coração!

Valter Montani
PS.: Este escrito estava perdido, no fundo da gaveta, ai eu pensei:
porquê não publicar? e ai está. Hoje, depois de tanto tempo passado, enxergo claramente o verdadeiro significado de tudo. Mas, na época, sem experiência de vida, confesso ter dado mais importância para a situação do que ela realmente merecesse. Este é o segredo da vida, temos que aprender pelo amor ou pela dor. Eu, aprendi das duas maneiras.saudações!

33 comentários:

  1. Bom dia, Valter.
    Fez bem em desengavetar o escrito, é lindo.
    Quantas vezes já morri de amor e depois renasci, para logo depois morrer de novo...rs
    Como bem disse o poeta (acho que Mario Quintana, se não me falha a memória): “Tão bom morrer de amor e continuar vivendo.”
    Bom fim de semana.
    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  2. "quantos segredos que vc guardava...eram o melhor que havia em você."

    o tempo muda a forma como a gente lê a poesia.

    ResponderExcluir
  3. Meu querido Poeta
    Ainda bem que esse poema foi tirado da gaveta, porque é lindo.
    Realmente, quando somos mais novos, vemos tudo com uns olhos diferentes, depois a vida nos ensina.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  4. Bomm Diah..
    Meu AmigO Eh Poeta Preferido!!!
    Que Poesia Bonita!"Pecados de Amor"!Parabénsss.. p seu talento eh p seu blog,simplesmente encantador,perco a noção do tempo quando estou aki..suas poesias m aquecem a Alma eh coração!Gostoh demais de suas poesia sou sua eterna fã Poeta Valter Montani!

    Com CarinhO..Admiração eh Respeito!

    Ivete.

    ResponderExcluir
  5. Si amar es un pecado,me considero una pecadora compulsiva. Amar es libertad, apertura mental y desenfado en la acción.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  6. ...Que minha solidão me sirva de companhia.
    que eu tenha a coragem de me enfrentar.
    que eu saiba ficar com o nada
    e mesmo assim me sentir
    como se estivesse plena de tudo.

    Clarice Lispector

    Bom Fds ... Beijos poéticos! M@ria

    ResponderExcluir
  7. VALTER MONTANI: que bom que você tirou essa coisa linda da gaveta! Não é pecado AMAR dessa MANEIRA...Só da OUTRA... mas esse não é amor...
    BEIJO amigo de
    LUSIBERO (Mª ELISA)

    ResponderExcluir
  8. Olá meu poeta querido .
    Que bom que tiraste da gaveta esta pérola de poesia.
    Eu tua fã de carteirinha agradeço,
    de corpo e alma.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oh, céus!

    No céu
    As nuvens cacheiam

    No chão
    As terras ondeiam

    O vento gira e serpenteia
    E assopra e rodeia...

    Cachos que movem
    Ondas que somem

    De nuvens e de terras
    De Poeiras e de sóis

    O vento assovia e cativa
    E anseia e inspira...

    Este chão este céu
    Tem o nó tem o véu

    Feito em cores joviais
    Ditas formas naturais

    O vento leva e traz
    Constrói e desfaz...

    Sempre nos meios, nos meios...

    ...........” Catarino Salvador “.

    ResponderExcluir
  10. Vim trazer-te o aroma das flores!
    A pureza cultivada na essência da vida,
    Os pensamentos mais nobres do vérbo do amor,
    Carregados de grandeza da mais pura nitidez,
    Os encanto dos caminhos, da mais pura alma,
    Em palavras e sensibilidade, de uma poesia.
    Em um cantico coberto de grande sabedoria,
    Carregadas de simples, palavras de emoção,
    Trazidas com carinho do fundo do coração,
    O carinho mais profundo dos amores,
    Em palavras de plenitudes e virtudes,
    Do criador...

    Ademir-Alves

    Bom final de semana com amor e poesia... M@ria

    ResponderExcluir
  11. "Quero apenas cinco coisas.
    Primeiro o amor sem fim.
    A segunda ver o outono.
    A terceira o grave inverno.
    Em quarto lugar o verão.
    A quinta coisa são teus olhos.
    Não quero dormir sem teus olhos.
    Não quero ser… sem que me olhes.
    Abro mão da primavera para que:
    Continues me olhando."

    Pablo Neruda

    Beijos poéticos e perfumados neste Sábado! M@ria

    ResponderExcluir
  12. Hoje te ofereço uma flor!

    Aceita esta flor como uma oração elevada
    aos céus, carregando teu nome, pedindo
    que a luz de todas as estrelas se derrame sobre a tua Vida.

    Aceita esta flor como se um pássaro fosse,
    levando em seu bico a verde folha da esperança,
    a semente de brancos e puros lírios,
    para que vivas em eterna Paz.

    Feliz Sábado com aroma das flores...M@ria

    ResponderExcluir
  13. Walter
    Um beijo e obrigada pela visita

    O MUNDO


    Lá fora com sol e calor
    As crianças bricam no jardim
    Desprendidas e alegres
    Jogam à bola, fazem corridas...


    Rasgam calças e a jogar...
    Fazem os seus primeiros arranhões
    Que vão para casa curar...
    Com o beijo carinhoso dos pais...


    E vão... crescendo e vão vendo
    Que cada dia se magoam mais
    E andando e sofrendo
    Vão compreender que não são mais meninos...


    E como era bom ser menino
    E como era bom ser criança
    Agora já adultos e com amargura
    É que sentem o peso que a vida lhes deu...


    Vida de homens egoístas
    Que para tudo terem tentam sugar...
    Mundo, que muitas vezes é cão
    Mas que nós temos que saber mudar...


    LILI LARANJO

    ResponderExcluir
  14. Boa Noite e desculpe a demora pra lhe retribuir a visita e que eu estava um pouco ocupada, mas aqui estou eu ...

    Seu blog é de um conteúdo maravilhoso de belos poemas...

    Bjus :*
    e bom fim de semana!!!

    ResponderExcluir
  15. Olá amigo Valter Montani,imensamente
    obrigado pela visita e comentário ao
    blog.Muito bom.Gostei muito.
    Um abraço e muitas felicidades.
    Atenciosamente.
    boscolysilver.
    23/05/2010 as 02h30mon.

    ResponderExcluir
  16. Passando para ler os poemas tão bonitos do amigo Valter.


    Sobre o poema...Bem melhor com e pelo amor. Assim aprendi. Sorte,talvez.

    Beijos, querido poeta.

    ResponderExcluir
  17. Pecador profano!! Seja bem-vindo ao nosso purgatório! rs

    Muito bom seu texto...gostei!

    []s

    ResponderExcluir
  18. Caro blogueiro,


    A campanha de vacinação contra Influenza H1N1 foi prorrogada até 2 de junho. Gestantes, doentes crônicos, adultos de 20 a 39 anos e agora crianças de 6 meses a 5 anos devem se imunizar. A vacina contra o vírus que já matou mais de 2 mil brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil. Ela foi testada, é segura e mais de 300 milhões de pessoas já foram imunizadas com esta vacina no Hemisfério Norte.

    Por isso, é muito importante contar com a sua colaboração! Você pode ajudar por meio de materiais que disponibilizamos especialmente para blogs.

    Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br

    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir
  19. Que lindo, poeta.

    Gostoso sentir
    Essa chama incandescente
    Que faz com que a gente
    Se sinta vivo
    Simplesmente.

    Abra a gaveta sempre.
    Tire mais guardados!
    Parabéns!
    Com carinho
    Fátima

    ResponderExcluir
  20. Olá Valter boa tarde!
    Vc foi um dos meus escolhidos pra receber um Selinho lindo,vai pega-lo em meu blog!

    ResponderExcluir
  21. Prometo ante o silêncio do inverno,
    nutrir minhas ilusões fazendo dos nossos "nós" a oração da espera.

    (Conceição Bentes)

    Beijos & Flores...M@ria

    ResponderExcluir
  22. " Ama-me é tempo ainda, interroga-me e te direi que o nosso tempo é agora."

    (Hilda Hilst )

    Bom diaaaa,com muito amor e poesia...M@ria

    ResponderExcluir
  23. Tire todas que estiverem na gaveta... Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Acho que o que conta é aprender sempre, mesmo sendo através da dor.
    Tem vezes que sofremos porque não conseguimos enxergar que o motivo não vale nossa dor, mas é dificil chegar a este discernimento, ainda não consegui.

    Abra sua gaveta e tire todos os escritos de lá.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Valter... Onde estava o poema? quero dizer: onde está a gaveta? vai lá, e nem precisa revira-la, pegue mais uma preciosidade desta e a explore, exponha para que meus olhos possa de novo emarear-se...Você é fascinante tanto quantos o que escreves, com todo respeito é claro.
    Beijos amigo

    ResponderExcluir
  26. Temos sempre algo guardado no fundo da gaveta e também no fundo da alma. Uma lembrança, uma lembrança, uma dor, um amor.
    Isto é vida. Aprendizagem, crescimento e a forma que nos moldou.
    Quem dera todos tivessem o dom da poesia para tão bem traduzir sentimentos, ousadia, enganos ou certezas.
    Um abraço
    angel

    ResponderExcluir
  27. Precioso poema Valter.
    Si el amor fuese pecado, todos seriamos pecadores.
    Muy bella poesía.
    Gracias por tu visita a mi blog y por dejarme tan bella poesía.

    Besos.

    ResponderExcluir
  28. Ola Valter,

    Que bom que tirou da gaveta é um lindo poema! Você o deixou no comentário da minha página, muito obrigada é um presente.

    Bom final de semana

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Poeta Valter, como sempre lindas palavras.

    Se amar-te foi um pecado, que doce pecado... E se fui sentenciado sei que, não será para sempre... Que as dores passam e ficam lembraças de um passado que foi bom enquanto durou. E à vida sempre nos dar a oportunidade de recomeçar, sempre de corpo,alma e coração.

    BJSS LU... ;)

    ResponderExcluir
  30. Orgulhosamente...sou sua fã Valter,
    poesia sensual,erótica,amei mais essa...nossa..demais!
    Tenha um harmonioso fim de semana!
    Beijinhos da sua fâ,
    Carmencita.

    ResponderExcluir
  31. O amor com essa intensidade de ambas partes,extremamente delicioso...é apaixonante, ADOREI...Obrigada.
    Saudaçóes Poéticas!

    ResponderExcluir
  32. Valter,muito obrigada pela visita,adorei.
    Com todo respeito que eu tenho por você,desculpa-me,sou muito intensa,e essa poesia linda que o amor expressa...explosão de um sentimento...

    ResponderExcluir
  33. Por favor,revira essa gaveta,e vai colocando nos seus blogs,todas essas poesias,que só vai fazerem bem...
    Sinceramente,suas mãos mágicas que aceita seu raciocínio,e surgem poesias...poemas..e cartões belíssimos,envolventes,nossa...você nasceu com esse dom iluminado poético...Bravo...Bravooo Poeta valter Montani!!!parabêns, as músicas
    tocadas aqui são belíssimas,HARMONIA PERFEITA!!!

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

fale@comigo

Minha foto

Sou um Poeta que outrora oculto, graças ao incentivo de amigos vem publicando seus escritos através dos Blogues: "Valter Poeta" e "poeta Cards", os quais tenho a honra de convidar-lhe a conhecer.

http://valterpoeta.blogspot.com/
http://poetacards.blogspot.com/
http://clickdopoeta.blogspot.com/
http://bloglivrovalterpoeta.blogspot.com/

Valter Montani, Casado, Economista, Auditor de Meio Ambiente pela   Fundação Vanzolini,   Especializado em    Qualidade pelo PECE-Escola Politécnica da USP.
ATENÇÃO: 
 ALGUMAS IMAGENS UTILIZADAS NOS MEUS BLOGUES SÃO ORIUNDAS DA NET, SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS. 
QUALQUER PROBLEMA FAVOR ENTRAR EM CONTATO. MEUS BLOGUES NÃO VISAM NENHUM TIPO DE LUCRO FINANCEIRO, FORAM CRIADOS APENAS PARA DIVULGAR MINHAS POESIAS, PENSAMENTOS E FOTOGRAFIAS.

SAUDAÇÕES!

Valter Montani

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *