03/12/2008

Gueixa (texto)

Gueixa

(Valter Montani)


Pele alva, delicada.
Olhar distante cor de ameixa
iluminado pela pureza
e irresistível delicadeza,
causando inveja até à flor.
Cabelos negros, brilhantes,
dispostos em suaves madeixas.
Boca carmim entrefechada
ocultando segredos do amor.
Jóia fina que encontramos
desde o passado distante
na terra do Sol Nascente,
misterioso e belo Oriente.
Souvenir embalado com fineza
aspecto tranqüilo e acolhedor
que aparenta nunca ter queixa
e ser alheia à própria dor.
Fonte inesgotável de carinho
és honorável, inolvidável Gueixa.


©Valter Montani

revisado: Regina Azevedo


conheça: POETACARDS

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Sabedorize esta not¿ia no WebSapiens
Quer ter estes botões no seu site? Acesse

9 comentários:

  1. ola querido amigo obrigada pelo carinho otima semana bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo Valter,
    Escreves teus poemas com muita arte, e é gostoso de ler vc.

    Um beijo na alma.
    Célia
    Lindo dia a vc e a tds que o rodeia!

    ResponderExcluir
  3. Poeta....
    A arte, de ser poeta, não esta só em escrever, poemas.. e sim em se fazer compreender....tornar fácil seu entendimento.....saber passar com naturalidade e encantamento aquilo que senti....
    Adorei...
    Bjs...

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Ichi

    Eu gosto de escrever de maneira simples, acessível à todos, somente dessa maneira é que podemos popularizar a poesia, já que em nosso País a leitura é muito pouco difundida temos que facilitar e criar novos adeptos.

    saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  5. interessante o mistério que as geixas suscitam no imaginário ocidental
    belo poema
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Carla,

    Eu sou um apaixonado pela cultura Japonesa, gosto muito da culinária e ao assistir o filme "Memórias de uma Gueixa" que têm uma fotografia maravilhosa. me veio esta inspiração.
    É isso, saudações.

    ResponderExcluir
  7. Como é bom te visitar amigo,
    e você nos presentear com essa grandeza de poema.
    1000 beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. "aspecto tranqüilo e acolhedor
    que aparenta nunca ter queixa
    e ser alheia à própria dor."

    MEU SONHO
    É UM DIA SER ASSIM...
    MAS É TÃO DIFÍCIL...

    ResponderExcluir
  9. Valter,deliciosamente a maneira como você se expressou nessa poesia,adorei mais uma vez encantada.
    Gostei muito da foto do seu olho lindo-severo!rsrs.. Beijos,da sua sempre fã,Carmencita.

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *