28/05/2009

TEMPO

explosão de relógio- Salvador Dali 1954
TEMPO

(Valter Montani)

O tempo não serve apenas como indicador

de tudo que passa em nossas vidas:

dos momentos de felicidade...

e das difíceis horas de dor.

As marcas ficam impregnadas

provocando feridas e arraigando rancor,

sufocando nossos sentidos

fazendo ardorosos amantes

tornarem-se perversos inimigos.

Dilui amizades que pareciam sinceras,

fomenta grandiosas quimeras,

também devasta projetos e sonhos

transformando-os em pesadelos medonhos.

Apesar de todas transmutações

que em nossas vidas

o tempo pode provocar

uma coisa devo admitir...

foi com o passar do tempo

que aprendi a tudo superar

me fortaleci com os erros

e esquecendo o passado

me libertei das amarras

e continuei meu caminhar.

© Valter Montani

conheça também: POETACARDS

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Sabedorize esta not¿ia no WebSapiens
Quer ter estes botões no seu site? Acesse

18 comentários:

  1. O Tempo foi e será sempre o melhor remédio para curar as dores e cicatrizar as feridas.
    Mas se vc não aprender a seguir em frente, o Tempo não cura e vc não esquece.


    Bjs da amiga,
    Anne.

    ResponderExcluir
  2. realmente, meu amigo, a vida esta ai, para passarmos tudo isto e carregar tudo o que pudermos, para o nosso ensinamento, crescimento e amadurecimento.
    Adorei as linhas que vc escreveu, postadas neste maravilhoso poema, nos mostrando como seguir nosso caminho.
    bjusssssssssssssssss
    Amarilis

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo poeta,

    Vc tem toda razão o tempo faz com que máscaras caiam e as pessoas mostrem-se como verdadeiramente são.
    Por isso concordo com aquela antiga frase: "O tempo é o senhor da razão."

    Um beijo bem estalado.
    Sua amiga,
    Malu Monte.

    ResponderExcluir
  4. Meu anjo,
    ..é muito bom estar aqui , fazendo comentários pequenos , sem importância até, mas pertinho de você, 'um golinho apenas'..

    Boa a tua colocação sobre o tempo, embora eu tenha visto que, assim como existe o diluir das amizades sinceras, o desamor entre amantes(Nem tão amantes assim), e etc.. , como citas neste poema;
    Também percebo que , o tempo muitas vezes é grande amigo, aliado de amizades que se fortalecem, para não mais desatarem as mãos , e amor que mtos tivera , como ódio, o tempo trás consigo a cura, a beleza na medida certa deste amor, de todas estas verdades, que só o tempo, Só ELE senti, quando trás bons ventos no presente.
    "É preciso estar aberto aos BONS ventos"

    Um beijo na tua alma, querido.

    Célia

    ResponderExcluir
  5. Olá querido Valter

    Maravilhoso poema, com a qualidade de que é apanágio o teu blogue...

    Estou totalmente de acordo contigo... Votos de um bom Sábado!!!

    Beijinhos de carinho e ternura,
    Fernandinha

    ResponderExcluir
  6. "tempo amigo, seja legal, conto contigo pela madrugada..."
    tempo, algo tão unicamente subjetivo, tão particular...
    às vezes bondoso, às vezes carrasco...
    parabéns pelo poema...gostei muito!

    ResponderExcluir
  7. ah...Valter...como faço pra particpar desse "Interlúdio com Florbela Espanca"? adoro os poemas dela, a forma como ela descvre as coisas!

    ResponderExcluir
  8. O tempo dá andamento aos nossos passos...

    Veijios do Porto, Portugal

    ResponderExcluir
  9. Olá Valter. Não te preocupes com a opinião dos outros! Limita-te a ouvir-te. Do teu nome Montani podes fazer uma montanha de poseia!
    Depois, quem quiser nela sobe, outros ficarão na base!
    Vim aqui só para cumprimentar um poeta.
    Cumprimentos do Figas

    ResponderExcluir
  10. Dependemos muito do tempo.
    Há coisas que só o tempo cura.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. Bom Dia poeta das múltiplas canções e poesias(O cara)!
    É com amor que falo em seu blog hoje e sempre.Realmente querido, o tempo é um aliado, já pensou um mundo sem erros? Ninguém sentiría o sabor deste fortalecimento pessoal, onde nos erguemos, aprendendo o caminho suave do amor, não esquecendo o passado(são páginas de nossos livros q não podemos apagar, ainda que escritas com o sangue da dor),podemos virá-las apenas.O importante é estar libertos, para continuar de peito aberto, porque o mundo gira e derrepente um vento forte volta, nos colocando diante da página mal virada, e neste momento é que nasce a comreensão dos fatos, um sorriso, o legítimo amor, abrindo os olhos de nossas almas, e eis o apogeo, alí, bem a nossa frente, e tudo se faz novo!
    Um beijo terno em seu coração,
    Célia.
    *¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
    "...foi com o passar do tempo
    que aprendi a tudo superar
    me fortaleci com os erros
    e esquecendo o passado
    me libertei das amarras
    e continuei meu caminhar."
    (Valter Montani)
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨*

    ResponderExcluir
  12. O tempo.. somos eternos aprendizes de como lidar com ele!

    ResponderExcluir
  13. O tempo sempre foi o senhor da verdade!!!

    "O tempo não para no porto,não apita na curva,não espera ninguém!"

    Belo poema!

    Beijos!Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  14. Oi!!

    Belo texto! Nada mais sábio que aprender com os erros!!

    Tem um selo pra vc lá no meu blog!!

    ^^

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Olá Valter,
    Dei um tempo mas já estou de volta.

    O TEMPO

    O Tempo é o senhor de tudo,
    Nisso eu posso acreditar.
    Ele leva a paixão e os amores,
    E deixa saudades no lugar.
    depois carrega a saudade,
    e a esperança volta a brotar.

    Um abraço carinhoso de sua amiga,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  16. Olá amigo Valter é sempre uma grande satisfação voltar aqui, registro minha gratidão por sua amizade, atenção e gentileza, obrigado mesmo de coração por sua visita e comentário, tudo isto nos fortalece e aproxima. A casa é nossa volte sempre. Saiba que admiro muito o seu trabalho. Realizado sempre com muita Inteligência e excelente qualidade, parabéns pelo brilhante poema publicado, muito bom, gostei, meu reconhecimento e votos de muito sucesso e brilho.
    Quero compartilhar com você o poema abaixo do nosso imortal Vinícius de Moraes:
    “Certas palavras podem dizer muitas coisas;
    Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
    Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
    Certos gestos, parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
    Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
    Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
    Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre. Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.”
    Desejo um fim de semana repleto de alegrias extensivo aos familiares. Forte abraço, paz, luz, saúde, prosperidade e muitas bênçãos. Fique com Deus. Felicidades.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir
  17. Interessantes elucubrações sobre esse nosso inimigo necessário de cada dia, o tempo... Abraço!

    ResponderExcluir
  18. O tempo nos rouba vida, mas nos torna mais sábios ! Faca de dois gumes ... O que se há de fazer ?!
    Tentar viver melhor, é a resposta ... mas como é difícil ENTENDERMOS isto ! Talvez próximo ao momento derradeiro, caso estejamos conscientes, ocorra o entendimento final ...
    Belas poesias, Poeta !!
    Helô

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

fale@comigo

Minha foto

Sou um Poeta que outrora oculto, graças ao incentivo de amigos vem publicando seus escritos através dos Blogues: "Valter Poeta" e "poeta Cards", os quais tenho a honra de convidar-lhe a conhecer.

http://valterpoeta.blogspot.com/
http://poetacards.blogspot.com/
http://clickdopoeta.blogspot.com/
http://bloglivrovalterpoeta.blogspot.com/

Valter Montani, Casado, Economista, Auditor de Meio Ambiente pela   Fundação Vanzolini,   Especializado em    Qualidade pelo PECE-Escola Politécnica da USP.
ATENÇÃO: 
 ALGUMAS IMAGENS UTILIZADAS NOS MEUS BLOGUES SÃO ORIUNDAS DA NET, SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS. 
QUALQUER PROBLEMA FAVOR ENTRAR EM CONTATO. MEUS BLOGUES NÃO VISAM NENHUM TIPO DE LUCRO FINANCEIRO, FORAM CRIADOS APENAS PARA DIVULGAR MINHAS POESIAS, PENSAMENTOS E FOTOGRAFIAS.

SAUDAÇÕES!

Valter Montani

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *