03/04/2009

ENIGMÁTICA

imagem obtida pela internet sem autoria


ENIGMÁTICA

(Valter Montani)

Há um mistério inserido em ti

existe uma dúvida pairando no ar

uma intriga corrói a minha mente

até onde podemos chegar?


Pirilampos lampejam sua face

brilho envolvente em seus olhos

a brisa que circunda seu corpo

trazendo seu perfume até mim.


Há um enigma explodindo em você

surgindo como o levantar de um mito

que sufoca o meu pensamento

sequestrado por esse sorriso bonito.


Preso as pequenas casualidades da vida

na ânsia de conhecer novos caminhos

procuro alcançar algumas soluções

mas quase sempre me sinto sozinho.


Vagando por caminhos enigmáticos

mercador de sonhos e outras iguarias

trafego por meio as noites sombrias

sonhando com a chegada de nosso dia.


E quando chegar este grande momento

quero desmistificar meu sentimento

esquecer para sempre minhas neuras

e acabar de vez com os meus tormentos.


© Valter Montani

Revisão de Texto: Regina Azevedo

conheça também:POETACARDS

Adicionar artigo ao blinklist Adicionar aos Favoritos BlogBlogs Adicionar artigo ao Del.icio.us Adicionar artigo ao Digg! Adicionar artigo ao DiHitt Adicionar artigo ao Eu Curti Adicionar artigo ao Furl Adicionar esta noticia no Linkk Adicionar artigo ao Rec6 Adicionar artigo ao reddit Adicionar artigo ao Slashdot Adicionar site ao Stumble Adicionar aos Favoritos Technorati Sabedorize esta not¿ia no WebSapiens
Quer ter estes botões no seu site? Acesse

18 comentários:

  1. Diz-se que o leitor é sempre mais imaginoso do que a própria realidade da escrita, e que a sua fantasia cresce na proporção dos fatos que as palavras lhe escondem.
    Espero que você consiga decifrar o enigma da sua enigmática musa, que te inspirou a escrever tão bela poesia.
    Abraços da amiga,

    Annemarie.

    ResponderExcluir
  2. Há dias em que nos sentimos um próprio enigma, tentando decifrar a enigmática do enigma.
    Maravilhosa, como sempre, nos transportando como enigmas.
    um bjo carinho, meu amigo.Te admiro muito.
    Amarilis.

    ResponderExcluir
  3. Oi Valter, a estas alturas, já estou relax... Menos anciosa, ao te ler, embora , ainda estupefata... ..risos..., pois ao mesmo tempo que sou feliz, sou triste, e te lendo , feliz neste momento, penso; já fui chamada de enigmática no orkut, e sem conhecer o amigo virtual em questão, chamei para mim aquele emcabulamento, extrovertindo-me passei a pensar, e ainda não entendo, assim como lendo você.
    Oque te levaria a ver uma mulher , como enigmática...

    Contudo, lindíssimo pensamento poético. Você é lindo de alma..

    Um beijo e sucesso molekkk..rsrs

    Vid@ Céli@

    ResponderExcluir
  4. Nesta semana meio 'Junina', vc colocou teus poemas, mais enigmáticos, que encanta, sem falar do primeiro poema, hoje.
    (Valter, quem não trafega pelas noites sombrias, hoje em dia (???)..)Parabéns e alegrias em t vida anjo nosso.
    ... q bom, somos 'anormais'..risos.
    Continuando em alemão... :D
    Wir sind menschliche Wesen, mit viel Liebe in einer Welt, bedingt, oque ist ein lástima.
    Alles hat ein Eigentümer oder Besitzer.
    Aber er, Liebe pulsiert, wenn es passiert, nicht fragen verlassen zu bleiben, auch wenn handelnde Schmerzen, Freuden und sogar Hass.
    Te Liebe auch in deutscher Sprache.
    Celia Regina

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Valter, relendo este poema, te senti tão mais humano, coisa que não conseguia captar de sua alma ultimamente.
    Achei-o muito mais lindo, e que bom que vc tbm tem seus medos , como eu e tds ser humano normal,
    Emocionou-me ler-te hoje querido.
    Muitos beijos de luz.
    Célia

    ResponderExcluir
  6. Olá poeta das mais lindas visões, com sua licença, copiei um verso seu para dizer-te algo dos seres humanos, com toda humildade de coração!
    Valter, uma pessoa que Deus um dia apresentou-me neste mundo virtual.
    Assim como todos os poetas e poetisas, somos parecidos de alma, fantasiamos detalhes, enchergamos além, nos sentimos sozinhos por inúmeros motivos, que nos vem de momentos vividos ou não, e diante da impotência(q nos envolve)em ñ podermos mudar algumas coisas, que nos parece fácil(qdo sabemos de nosso potencial), onde o compreendo bem, afinal nós poetas(pensadores), escritores de novelas(e profissões várias), sobrevivemos de descobertas(onde a palavra limite nos bloqueia), mesmo seguindo em frente(felizes ou não)sob todos os pontos de vista.
    Mas meu bonito amigo, qual admiro hoje mais q ontem, digo a ti, que o tempo(esperar), pode doer, machucar, até porque, nos deparando com o enigmático(causa de ansiedades), sem contar imprevistos reais, perturbando-nos a mente, visto que poetas respeitados, são verdadeiros de alma e concluem em papél(um mundo de sentimentos), baseado em princípios. Passo por momentos assim, acredite, mas creio nos escritos do Universo, onde nada fica oculto por longo tempo, e feliz sinto-me ao estar caminhando humanamente, sem ferir meu próximo.
    [Hoje acordei em estado de graça(vontade de abraçar o mundo e agradecer por estar viva). Assim sendo, receba neste 'pequeno' comentário, todo meu colo poéticamente amigo, milhões de inspirações vindas dos anjos celestiais, meu abraço amigo e forte,já sentindo que o poeta sorri agora de alma leve!
    (Não estamos jamais sozinhos, é o divino que freia nossos anseios), para que em novas descobertas, recebamos um prêmio a altura de nossos valores morais e íntimos!
    "Na verdade Valter, falo de seu poema, onde acredito que contos se realizam, no sol, na lua, no poder maior"
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨Valter, desculpe o e-mail em que transformou-se meu comentário.
    (Seu coração mora ao lado do nosso, amigos verdadeiros)
    Obrigada por exirtir poeta(faça uso do meu e-mail se gostar de dividir idéias),tenha um belo findsemana e mta PAZ.Saudações!
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨>
    [Preso as pequenas casualidades da vida
    na ânsia de conhecer novos caminhos
    procuro alcançar algumas soluções
    mas quase sempre me sinto sozinho.]

    Muito amor em seu caminhar,
    sua siempre amiga,
    C.R.Baylão

    ResponderExcluir
  7. Bela poesia e canção deslumbrante!
    Beijinhos iluminados!

    ResponderExcluir
  8. Obrigado Ana, e Célia, você caprichou no comentário hein! bateu o recorde mundial rs.
    Esse poema já estava no blog,como eu estou revendo a questão da ortografia resolvi postá-lo novamente e aproveitei para mudar a imagem de exibição.
    Aproveito parfa lembrar que algumas imagens que eu uso são retiradas de mensagens, a maioria delas vem via Orkut, e sempre sem autoria.
    Se alguém se sentir prejudicado me fale.
    saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  9. Valter, escrevestes de uma maneira tão sensível que me encontrei como protagonista dessa poesia.
    Beijos poéticos,querido amigo!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia voannnnnndo poeta..risos,
    nada como uma boa vassoura :)
    Se caprichamos, você merece, acredite.
    [Agora cá entre nós, eu conseguiria fazer um resumo legal das coisas ?..rsrs]ô ouuuu!Beijos
    (para descontrair)

    Saudações poéticas e musicais,
    Célia

    ResponderExcluir
  11. E para tentar decifrar este enigma "mulher", é necessária muita paciência, né?
    Belo poema, Valter!
    Beijo...

    ResponderExcluir
  12. obrigado meninas, Priscila, eu não quero jamais desvenda o enígma das mulheres, continuemos assim qu está muito bom.
    bjs a todos

    ResponderExcluir
  13. A imaginaçao vai alem das palavras Valter....

    abraços

    ResponderExcluir
  14. Mais um belo poema amigo.
    Desculpe a ausência, mas este tem sido um tempo mt difícil em que quase não tenho andado pela Net. Meu pai faleceu no fim do mês de Março, e minha mãe, está a reagir mt mal a uma ausência forçada do companheiro de 63 anos.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  15. O enigma leva à curiosidade e ao interesse... e à construção deste belo poema.
    Gostei!
    Um abraço
    Vanda

    ResponderExcluir
  16. Encantar os seres mortais utilizando as palavras,eis a tua sina Valter .Que seja e que esteja sendo transcendental.
    Beijos

    Lúcia!

    ResponderExcluir
  17. Muito belo o seu poema, que nos faz pensar. O enigma feminino sempre será mote dos mais belos poemas, como esse.

    http://tabuaepaixao.blogspot.com


    Abraços poéticos.

    ResponderExcluir
  18. Olá me poeta!!!
    Nunca procure desvendar os mistérios da vida, os enígmas é que nos levam a refletir ao interior de nossas almas.
    Um belo texto, parabéns...
    Muitas luzes em seus caminhos.
    Paz e paz.
    beijinhos doces, amigo.

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

fale@comigo

Minha foto

Sou um Poeta que outrora oculto, graças ao incentivo de amigos vem publicando seus escritos através dos Blogues: "Valter Poeta" e "poeta Cards", os quais tenho a honra de convidar-lhe a conhecer.

http://valterpoeta.blogspot.com/
http://poetacards.blogspot.com/
http://clickdopoeta.blogspot.com/
http://bloglivrovalterpoeta.blogspot.com/

Valter Montani, Casado, Economista, Auditor de Meio Ambiente pela   Fundação Vanzolini,   Especializado em    Qualidade pelo PECE-Escola Politécnica da USP.
ATENÇÃO: 
 ALGUMAS IMAGENS UTILIZADAS NOS MEUS BLOGUES SÃO ORIUNDAS DA NET, SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS. 
QUALQUER PROBLEMA FAVOR ENTRAR EM CONTATO. MEUS BLOGUES NÃO VISAM NENHUM TIPO DE LUCRO FINANCEIRO, FORAM CRIADOS APENAS PARA DIVULGAR MINHAS POESIAS, PENSAMENTOS E FOTOGRAFIAS.

SAUDAÇÕES!

Valter Montani

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *