24 abril 2008

Cavalo Selvagem


Cavalo Selvagem


Cavalo selvagem que pelos campos vive livre a trotar
correndo pelas matas verdes atravessa vales e rios
sem destino certo detentor da liberdade que causa inveja,
corta o vento num eterno galopar sem ter lugar de parada
faz o teto da sua morada o céu aberto
No mundo selvagem não existe interesses pessoais sobre o próximo
e sim o instinto animal que não tem regras preestabelecidas
entre eles não há corrupção e mentiras apenas atitudes sinceras
com os animais não se conhece a hipocrisia que entre nós impera
Por que a liberdade é tão perseguida
se fazemos das nossas vidas prisão
nos amarrando a coisas banais e sem sentido,
escravos da paixão poderíamos ser como os animais selvagens
sem destino e parada nada nos domaria
nem sequer nos obrigaria a uma vida escravizada
Quem me dera ser eu um animal e viver solto pelo mundo
e como um cavalo selvagem estar livre pelos campos
a correr viver em harmonia com a natureza
sem interesse próprio e falsidade ter espirito leve
sem ganância apenas no peito o desejo de liberdade

©Valter Montani 
 Todos os direitos reservados
Gostou desse post? assine e receba outros
através de seu e-mail:Siga-me

Resultados de tradução

visite:

2 comentários:

  1. Ameeiiii tua suavidade querido, em poetar...

    Falar de uma beleza tão rara, que expressa muito bem a liberdade.
    Adoraria ser um animal livre, como ;
    Melhor dizer cavalo, que no feminino...risos....

    Desculpa a franqueza, mas não é mesmo Valter?! Afinal sou moça de família.. :)

    Um beijo querido poeta...
    Otimas inspirações.

    Célia

    ResponderExcluir
  2. Só hoje vi este texto! Lindo e bem inspirado.
    Mais uma vez, parabéns, Amigo!

    Um abraço
    Vanda

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigos & Parceiros

Obrigado por sua visita!
Se puder deixe um comentário, seu feedback sobre o meu trabalho é muito importante.
Neste Blog Livro, basta selecionar o link nos índices e acessar o texto.
Se encontrar algum link com defeito, rogo que me informe.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser.

VOLTE SEMPRE!

PS.:EU ACEITO E AGRADEÇO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS.

Valter Montani

Postagem em destaque (clique no título)

Gótica

google imagens* Gótica Naquele remoto tempo, eu andava muito vazio era apenas um galho preso na curva do rio. Eu,  já bem que...

MEUS BLOGS:

  • Mistérios - [image: Story 437680258] imagem: Pinterest Existe algo misterioso no silêncio de seu olhar que talvez nunca revele pois, a mente feminina é um perigoso eni...
    Há 2 semanas
  • Vampire in love - [image: Story 439194785] Gostou desse post? assine e receba outros através de seu e-mail:Siga-me by: VAL...
    Há uma semana

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

SOCIEDADE AMIGOS DO POETA

SOCIEDADE AMIGOS DO POETA
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *