18/12/2007

NATALIDADES




Natanalidades


Eu nunca gostei de Natal
Nem dessas festividades,
Repletas de banalidades
Impulsionadas pelo consumismo.

Sempre tive claro comigo
Que o verdadeiro pai, irmão, amigo
Não se manifesta apenas numa data
Pois devem estar sempre contigo.

É lado a lado no dia-a-dia
Que precisamos da companhia
Daqueles que tanto amamos,
Da ajuda que sempre necessitamos

Pois a verdade do amor está acima de tudo
E se manifesta sempre em cada coração
Não importando raça, cor ou religião.
Basta deixá-lo livre, ele sabe qual a direção.


Valter Montani (dezembro de 2007)

PS. Todo dia pode ser Natal, pois o Cristo (Amor) nasce no coração daqueles que sabem semear e cultivar.

2 comentários:

  1. Querido amigo Valter,até que um dia encontrei alguem que pensa exatamente como eu.Parabéns belo poema.Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Eu não diria aqui na net, se não encontrasse alguém com opnião , tão igual a minha. Penso que nestas festas, deveríamos estar em retiros, ixilados, pedindo ao céus, um milagre, por um mundo melhor!

    Hoje em dia, passo o Natal, do meu jeito, meditando, assistindo lindos desenhos da barbie, e Shows pela televisão.
    Me sinto melhor, e tds os meus, respeitam este direito meu.

    Um beijo de alma, Valter!

    Célia Regina

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigo & Parceiro

Obrigado por sua visita, se puder deixe seu comentário será muito importante para que eu saiba qual a sua opinião sobre o meu trabalho.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser

PS.:EU ACEITO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS E AGRADEÇO

Valter Montani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

Sociedade Amigos do Poeta

Sociedade Amigos do Poeta
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *