17 abril 2009

Auto Retrato



Auto Retrato



Quer saber de onde venho?

Venho de uma outra dimensão
e aqui, como lá, não existe perfeição,
apenas um lugar de profunda provação.


Para onde vou não importa,
vou até onde me deixarem
basta manter aberta a porta
e os sentidos me transportarem.


Sou regido pelos signos do amor
com ascendência nos signos da razão
o equilíbrio da balança evita
que os espinhos firam-me o coração.


Não sou um sábio
mas um mero aprendiz.
Onde estamos, tudo se aprende,
estou aprendendo a ser feliz.


O mundo é maravilhoso
é possível alcançar a felicidade
basta deixar de lado a ganância
que se espalha pela cidade.


Nas andanças da vida
muitas coisas aprendi,
a deixar o orgulho de lado
e cada momento curtir.


Meu mestre, o tempo,
ensinou-me a esperar
aprender com a derrota
e a vitória saborear.


Meu outro mestre, o destino,
ensinou-me a cair
e, com rapidez, a levantar,
sacudir a poeira e seguir.


Afinal, somos compostos de água
e se ela não for corrente
estagna-se, apodrece;
quem deixa de caminhar sempre padece.


Deus me deu a força de um guerreiro
e o coração de uma criança
por isso posso ir a guerra
sem nunca perder o amor e a esperança.

© Valter Montani
Revisão de texto: Regina Azevedo
conheça também: POETACARDS

Gostou desse post? assine e receba outros
através de seu e-mail:Siga-me

Resultados de tradução

visite:

conheça tambémGo

49 comentários:

  1. Querido Poeta

    Escolhi esse seu poema,onde você se define, porque nele podemos ver toda a sua sensibilidade, profundidade e força de caráter. Admiro sua poesia e sobretudo o amigo sempre respeitoso e humano.
    Admiro o artista que faz maravilhas com uma máquina fotográfica. E agora passarei a admirar esse blog. Auto- retrato do Poeta que vc é: maravilhoso
    da amiga
    Karla julia

    ResponderExcluir
  2. Desculpe pelo que ou escrever.Já li este poema umas quinhentas vezes,simplesmente adorei.Só que, quando inicio a ler imediatamente vem a minha mente a "Canção do Soldado".Então misturam-se os meus pensamentos pois quando inicio a leitura imediatamente começo mentalmente a cantarolar esta canção.O pensamento e a visão unem-se para me atrapalhar.Beijos no teu iluminado coração.

    ResponderExcluir
  3. OI, Valter,

    Esta é das minhas favoritas! Seu blog está muito bonito, inteligente e diversificado, parabéns! Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Olá querido poeta Beija-Flor,
    esse poema é lindo como tudo que escreve,lindo como sua alma.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Valter!
    Essa poesia é simplesmente fantástica!
    Eu me identifico com ela principalmente nas quatro primeiras estrofes.
    Temos o mesmo signo, nascemos no mesmo dia e pelo visto temos muita afinidade de gosto.
    A diferença é que eu gostaria muito de ter esse dom maravilhoso que você tem de escrever coisas tão lindas.
    Eu só repasso as minhas, como gostaria de saber escrever também!
    Parabéns amigo e continue sempre assim!
    Beijos e boa Páscoa para você!

    ResponderExcluir
  6. Meu amiguinho de todos os dias, sempre é um "encantamento" diferente ao vir visitá-lo: essência...magia(em plena realidade dos nosos dias...)beleza...pureza...td d e bonito e colorido c/ k sonhamos, vc c/ tanta simplicidade demonstra e propaga!
    vc é uma pesoa linda e especial nos meus dias por sua sensibilidade!
    Obrigada por existir...("Papai-do-Céu",com certeza, estava inspirado qdo mandou vc p/ ese mundo! K bom! vc é meu amigo!
    Bjinhosssss de Luz da Moniquinha!

    ResponderExcluir
  7. Boa noite meu anjo,

    Adorei este poema , e contigo viajar um pouquinho mais, por teus muitos 'eu'..

    E da mesma forma, não só você, mas todos nós aprendemos , de muitas maneiras, nesta vida terrena, a cair e levantar rapidamente, sem desistir de lutar, independente das tempestasdes enfrentadas , pois é como se nos superássemos , para entender a próxima lição que virá, com muito mais coragem , sem deixarmos de ser 'GUERREIROS'...

    Valter querido, que bom ve-lo ser vc.. Te gosto exatamente como és, sem tirar, nem por, traçando uma linha tênue , entre teu coração , e o mundo!!!

    Um beijo criança linda,
    T amiga sempre ..contigo,

    Célia Regina

    ResponderExcluir
  8. Oi, dá uma passada lá no blog... Tem mimo pra ti. Bjuuu

    ResponderExcluir
  9. É assim que és....
    Alma limpida num caminhar da vida onde buscas um amor talvez perdido no tempo ou talvez a surgir trazido pelo vento.

    Belo o teu poema, belo o teu poemar.

    Bjgrande do Lago

    ResponderExcluir
  10. veja bem....

    Na verdade o Poeta teima em fantasiar tudo. Mas te digo com certeza que procuro seguir aquilo que escrevo, pois tudo o que faço também é dirigido a minha pessoa, essa é a maneira que encontro para poder evoluir.

    Mas eu sou do bem, obrigado pelo comentário amiga Garça Real

    ResponderExcluir
  11. Adorei o poema, especialmente a última parte
    Deus me deu a força de um guerreiro
    e o coração de uma criança
    por isso posso ir a guerra
    sem nunca perder o amor e a esperança.

    Lindo.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Valter, favoritei o link do seu blog num outro blogue que tenho. ok?
    abraços!!

    http://dashistorias.blogspot.com
    http://dosdesejos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Amigo, seus poemas são maravilhosos!
    Esse , li 3 vezes aqui no seu blog, e fiquei encantada.
    Beijinhos carinhosos!

    ResponderExcluir
  14. Obrigado Elvira e Ana pelos comentários, eu gosto muito deste poema. É muito difícil escrever sobre a gente, mas no dia que escrevi o texto estava bem inspirado.
    E Aline, vou linkar seus outros blogs também, obrigado.

    ResponderExcluir
  15. Boa noite, Valter!

    Passei para agradecer pela sua participação na Blogagem do Interlúdio com Florbela em 8 de dezembro e fiquei encantada com o teu Blog, com os poemas, com os cartões, com a música... Parabéns!

    Virei sempre por aqui...

    Bjs.

    Flor ♥

    ResponderExcluir
  16. grazie a te della visita anche il tuo blog e' bellissimo!!!!scrivi tu queste poesie?smack smack!!!!

    ResponderExcluir
  17. Demorei um pouco para voltar,toda vez que acesso seu blog meu pc trava, não sei o porque!!

    Mas aqui continua cada vez mais lindo,parabéns.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  18. bella l' immagine e la musica che ti acoglie ..
    Dual

    ResponderExcluir
  19. Valter meu querido amigo,
    adoro sempre passar por aqui e ler seus lindos poemas!
    Quando tiver um tempo passa lá no blog...tem um presentinho pra você ok?
    Beijos e mais uma vez...parabéns!
    Serena.

    ResponderExcluir
  20. Eu preciso aprender italiano para agradecer aos amigos da terra de onde originaram meus antepassados.
    Por enquanto:
    Grazie Ilaria e Dual

    Serena obrigado pelo selo, já está postado, Flor obrigado pela visita dia 09/12 estaremos juntos na blogagem coletiva da Florbela. e Tossan meu caro quem tem amigos assim com certeza está no caminho do sucesso!
    cada elogio que eu recebo é um tijolo que vou colocando no meu castelo de sonhos.
    E será nesse castelo que reverenciarei todos que me ajudarem a edificá-lo.
    ah!
    É "Pelos Caminhos da Vida" que encontramos os amigos que nos acompanharão na grande espiral da evolução.
    Saudações Poéticas!

    ResponderExcluir
  21. Vim conhecer quem acompanha o meu Blog Resenhas Antigas. Gostei muito do seu espaço, Valter Poeta. Convido-o para conhecer o meu outro Blog, o Galeria, com as resenhas recentes.
    Voltarei aqui.
    Beijos,
    Renata

    ResponderExcluir
  22. Ah meu querido, parceria feita!
    posso linkar?
    e já estou te seguindo tbm aí do lado..
    ótima imagem e poema belissimo!
    beijinhos
    ;*

    ResponderExcluir
  23. Oiii Poeta nosso amigo de alma,
    Liindo seu texto, simples como seu jeito de ver a vida.
    Assim crescemos na sabedoria e com humildade.
    "Quem não desce do salto, não sobe todos os degraus , com certeza"
    A foto ficou legal, mostra vc e sua família, como são.
    Tbm adoro fotos.....:)
    Beijos de alma.

    Tua sempre amiga,
    Beijos a vc e aos teus.
    Célia Regina

    ResponderExcluir
  24. Célia obrigado por mais esse comentário, eu não tenho estatística de comentaristas mas tenho certeza que você está entre os primeiros, obrigado sempre.
    Renata visitei a galeria e gostei muito, já linkei ela também parabéns e tatah gostei muito do seu blog e da sua atitude, basta me linkar e avisar que farei o mesmo. sucesso a todos!

    ResponderExcluir
  25. Olá querido Valter, maravilhoso poema descrevendo-te... Gostei!!!
    Beijinhos de carinho,
    Fernandinha

    ResponderExcluir
  26. Tem um selo pra você com todo carinho no meu blog CaCoSeCaCaReCoS
    http//fabiguaranho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Lindo demais meu amigo!
    Como sempre teu poema me transporta para outras dimensões...rs
    Um grande beijo amigo poeta e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  28. Amigos,

    Como o circulo de visitantes está (graças a Deus) crescendo dia após dia, tenho repetido algumas postagens como por exemplo "Auto Retrato" para não cansar e dar uma
    nova roupagem o que eu faço: mudo o fundo musical, é um exercício bacana de fazer o leitor sentir outras sensações ao ler o mesmo texto.
    Pelo menos eu funciono desta forma, bjs à todos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  29. Valter, o seu carinho é um encanto para mim...
    Obrigada pelas palavras que deixaste no meu blog.
    O seu está lindo. Adorei seu auto-retrato...
    Poemas cheios de magia...

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  30. Olá Valter,voce é especial carrega dentro do peito um coração enorme
    sempre acreditei que Deus lhe deu a oportunidade de servir,de levar a coragem para os mais fracos,que pensa
    que tudo termina aqui,estamos acertando com os propios erros,é a lei de ação e reação realmente caimos muito, e levantamos
    rapidamente,traçamos um destino,e assim encontramos amigos de alma como voce,acredito que essa luz que te ilumina chama Jesus.lindo seu retrato, maravilhoso .
    grande bjo no seu coração.

    ResponderExcluir
  31. Muito bonito e real seu poema. Uma bela descrição de um homem sensível mas ao mesmo tempo ciente, racional e profundamente humano.
    Abraço
    Angel

    ResponderExcluir
  32. Lindo poema, vir aqui é entrar no mundo dos sonhos.
    Bom fim de semana
    Bjs

    ResponderExcluir
  33. Valter,

    Adoro selos, adoro! Vou pegar todos que tiver direito.

    =]

    Não deixo de caminhar, nunca. Atrofia os músculos das minhas sensações.

    Maravilhoso começo de semana.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  34. Meu bom amigo e caro poeta, é sempre muito gostoso estar pertinho de sua luz e amigos, uma pena que ainda não concluí meu blog, mas certamente você será linkado.

    Adoro este poema/ que mais nos dá força interior, obrigada por sua amizade Valter. Tenha uma semana harmoniosa
    Célia.

    ResponderExcluir
  35. Olá Valter,

    O poeta é um equilibrista,
    que navega junto a emoção.
    Muitas vezes tenta seguir
    o que lhe autoriza a razão,
    outras tantas voa bem alto,
    seguindo apenas o coração.

    Um abraço,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  36. Gostei do que vi e li ... Escreves muito bem, parabéns ! Passarei por aqui de quando em vez, creia ! rs
    Abraços carinhosos !
    Helô

    ResponderExcluir
  37. Nossa!!!!A mais pura poesia!!!Fiquei encantada:você faz poema como se conversasse,naturalidade dançando nas palavras.Fiquei encantada!!!

    Obrigada por me seguir,o que farei com seu blog!

    Todo o meu carinho!Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  38. Meus queridos leitores, estou inaugurando minha galeria de selos e oferecendo um monte de presentes, entra lá e escolha o que você quiser, bjs e boa semana siga o link:
    http://galeriadopoeta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Ops !! Brigadão Valter ! Devidamente escolhido e exibido !! Gracias !!
    Helô
    Dorei o mimo ... rs

    ResponderExcluir
  40. Querido obrigadão pelo selo, já peguei o meu correndo.
    Valeu pela visita, e e´bom saber que ainda temos pessoas que se importam com nossos índios, mesmo eles estando tão "diferentes" do que eram.
    Mas não por culpa deles e sim por nossa própria.
    Como disse meu amigo Tonho do blog 6vqcoisa, poderia ser o Dia dos Indiotas, já que acabamos com a cultura deles.

    ResponderExcluir
  41. Aprendendo a ser feliz... num mundo que se quer de esperança!

    Poema intenso... de confiança! Gostei!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  42. O Néctar da Flor mais uma vez homenageia os amigos queridos com mais um selo, onde a magia acontece, seja ela qual for.
    Não existem regras, apenas repasse com carinho para aqueles que fazem a mágica da escrita criar vida.



    Beijos jogados no ar, sempre!

    -

    ResponderExcluir
  43. Linda poesia, perfeita. Sem palavras para descrever o blog, é incrivel parabéns.

    Se quiser dar uma olhada do meu blog, ficarei honrada:

    http://www.resilientesempre.blogspot.com/

    Beijos

    ResponderExcluir
  44. Li todo o poema com a sensação que o conhecia. E na verdade conhecia mesmo.
    Foi bom relê-lo
    Um abraço

    ResponderExcluir
  45. Meu amigo... Vou te dizer, este seu blog me dá ciúmes, acho que vou pedir pra me ajudar a colocar "cara" no meu, afinal n consegui nem colocar um cantinho pra um único selo q ganhei de presente! E vc ainda tem clips, que delícia.
    Bom, tô aqui pq n quero te perder de vista e dizer que o resumo de Poeta está em vc... dar a cara à tapa é sinônimo de grandeza, e vc fez isso cm ninguém. É mt bom saber que nossa Felicidd depende unico e exclusivamente de nos, que somos responsáveis pelos nossos atos, e claro aprendemos cada dia, você tá no caminho certo, vivendo cada dia como se fosse o último, e experência não se conta pelos nºs de aniversários que tivemos, mas tudo que vivemos.
    òtimo fim de sábado e excelente domingo. Bjs

    ResponderExcluir
  46. Valter,adorei de ler seu auto-retrato,você é carinho,humildade,ternura,carisma e seu "EU" É ENCANTADOR!BJS.

    ResponderExcluir
  47. Para onde vou não importa,

    vou até onde me deixarem

    basta manter aberta a porta

    e os sentidos me transportarem.

    Relendo,demais...seu EU está em cada palavra...como é bom conhecer pessoas assim como você que só tenho que aprender,nossa...te admiro cada vez que leio e releio suas poesias,está explícito sua simplicidade,sua ternura,seu carisma,sua atenção,seu carinho e seu amor por todos que seguem seus belíssimos blogs!
    Muito obrigada,pessoa linda,Valter-Poeta! Simplismente sua fã,Carmencita.

    ResponderExcluir

Olá Visitante, Amigos & Parceiros

Obrigado por sua visita!
Se puder deixe um comentário, seu feedback sobre o meu trabalho é muito importante.
Neste Blog Livro, basta selecionar o link nos índices e acessar o texto.
Se encontrar algum link com defeito, rogo que me informe.

Deixe aqui também suas sugestões e criticas quando quiser.

VOLTE SEMPRE!

PS.:EU ACEITO E AGRADEÇO CORREÇÕES ORTOGRÁFICAS.

Valter Montani

Postagem em destaque (clique no título)

Cigana

Cigana Toma as minhas mãos, Minha misteriosa Cigana Leia agora meu destino Pois o Poeta não se engana. Sei ler o brilho d...

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape


MEUS BLOGS:

  • Mistérios - [image: Story 437680258] imagem: Pinterest Existe algo misterioso no silêncio de seu olhar que talvez nunca revele pois, a mente feminina é um perigoso eni...
    Há 3 meses
  • LOBA - [image: Story 471792671] by: VALTERPOETA
    Há 3 semanas

Clique aqui e leia:

Clique aqui e leia:
Florbela Espanca

Dicas & Afins:

Mais informações:

Este Blog foi criado para divulgar minhas poesias e fotografias e fazer novas amizades. Claro que cultivando sempre as amizades que venho criando no decorrer dos anos. Sou um Poeta que foi "de gaveta" se tornando conhecido graças a Internet e aos amigos que me incentivam e divulgam sempre. A Poesia inicialmente serviu para que eu quebrasse o muro que me separava das demais pessoas, barreira que eu mesmo criei pela postura rebelde e radical. Cada escrito é como se fosse um filho, portanto cuide bem deles e não esqueça sempre de mencionar o nome do pai. Valter Montani Algumas imagens que eu estou utilizando foram encontradas na Internet sem os devidos créditos, qualquer dúvida ou reclamação de autoria peço a gentileza de entrar em contato comigo através do e-mail. Valter Montani "In perpetuum Omnia sunt bominum tenui pendentia filo Peractis peragendis, ermitte divis cetera Post nubilas Phoebus Omnia vincit amor et nos cedamus amori Per omnia saecula saeculorum." da amiga Karla Julia

SOCIEDADE AMIGOS DO POETA

SOCIEDADE AMIGOS DO POETA
GRATIDÃO! A galera que me incentivou e então, começou tudo: Chris, Tata, Cristiano, Andre, Eduardo, Christian, Rossi e eu(agachado), clique: Professora Regina Azevedo-MBA de Gestão das Tecnologias da Qualidade - Escola Politécnica da USP

SAL - Serviço de Atendimento ao Leitor

Nome

E-mail *

Mensagem *