07/10/2011

Volúvel (saindo da gaveta)

VOLÚVEL

Então, era chegado o momento
de conseguir realizar um intento
que por muito tempo foi esperado
sim, na memória ficaria marcado.

Finalmente você estava ao meu lado
tudo corria a favor do meu agrado
risonha, você se mostrava convidativa,
estava sedenta e cheia de expectativa.

Finalmente eu pude fitar você de perto
maravilhosa gata no cio, peito aberto
teu corpo macio, perfeito e escultural,
uma deusa perfumada dourada ao sol.

Estava tu, totalmente à minha disposição
plenamente envolvida, no ato entregue
na tua essência, corpo, alma e coração.
Mas, num repente mudou-se a situação!

Após eu me sentir, por seu amor saciado,
percebi em seguida, que algo estava errado.
Voluvelmente descobri: não mais você eu queria.
Quem eu desejava?  Uma nova busca...principiava.  

Valter Montani
*proibida a reprodução sem autorização
Visite meu blog de cartões:   POETACARDS 
Selos &  Prêmios: GALERIADOPOETA 
Livro Virtual: POESIAS E PENSAMENTOS
fotografias: CLICKSDOPOETA
PS.: mais uma poesia que eu retirei da minha gaveta, estava lá, guardada há quase trinta anos esperando o momento de se manifestar, eis que surge repentina e através da web ganha os quatro cantos do mundo, que seja livre então, Liberta voe ao sabor do vento!
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTS MAIS COMENTADOS