30/09/2011

Faça amor..não faça a guerra

FAÇA AMOR ....NÃO FAÇA A GUERRA

E vai novamente o soldado à luta
orgulhoso em posição de sentido
numa batalha onde não há  inimigo,
tenta apenas, ser o herói destemido.

Então ataca intrépido o firme soldado
vaidoso, em cumprir o posto tenente
penetrando nos domínios  alheios,
encontra nos regaços o seu poente.

Investindo, o soldado então desacata
indo e voltando, numa frenética tocada.
Não leva fuzil, bombas ou metralhadora,
apenas sua inseparável mochila pesada.

Depois de certo tempo já muito cansado
volta da luta, cabisbaixo o nosso guerreiro,
sua pose já não mais portentosa de sentido
está desengonçado, de dar até desespero.

No peito murcho do antes valente soldado
não há nenhuma medalha ou condecoração,
ostenta ar de bravura, exibe sua satisfação.
Mas, camufla sua eterna incerteza......
 se  realmente cumpriu  sua missão.

Valter Montani
*proibida a reprodução sem autorização
Visite meu blog de cartões:   POETACARDS 
Selos &  Prêmios: GALERIADOPOETA 
Livro Virtual:POETACARDS 
fotografias: CLICKSDOPOETA

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTS MAIS COMENTADOS