08/11/2010

Paixão eterna

Paixão eterna

Na tua geografia, doces mistérios vou desvendar
És aquele tesouro que sempre vaguei a procurar
Nessa busca alucinante em que sou apenas infante
servindo ao exército do amor.  E tu, és comandante,
indicando quais os caminhos desejas que eu siga.
Obediente, sempre cumprirei as determinações à risca
e lá irei eu pelos desfiladeiros o teu corpo desbravar.
Volúpia será nossa bagagem,  guiados somente pela paixão.
Nas explorações falaremos somente a língua das alcovas
não haverá fadiga que nos impeça das missões continuar.
E, mesmo se algum dia, depois de tantas descobertas
e delicias que juntos iremos realizar, haverá sempre,
mil razões para manter viva nossa magia contagiante.
Poderão existir mais tesouros pelos caminhos do mundo
mas, nunca compensarão iniciar uma outra aventura
com olhar de eternos amantes miraremos um ao outro
então, sorriremos, daremos as mãos e iremos adiante.

Valter Montani 
revisão: Karla Júlia 

Como disse o sábio Vinícius de Moraes:
"Que não seja imortal, posto que é chama 
Mas que seja infinito enquanto dure."
Visite meu blog de cartões: POETACARDS 
Selos & Prêmios: GALERIADOPOETA 
Livro Virtual: POESIAS E PENSAMENTOS
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTS MAIS COMENTADOS