26/11/2010

Diana

Diana 

Algo para ficar na memória
num panteão, ode a feitiçaria

aquela presença vivaz e felina
a imagem sexy que me atraíra.

Aquele olhar direto a distância
como quem observa uma presa
as passadas firmes e seguras
rumando em direção a minha mesa
como quem já previa a conquista.
Ao se aproximar, deslumbrou-
me

com aquela sedutora beleza
olhos
paralisadores e faiscantes
cabelos longos e brilhantes.
Um rosto belo e harmonioso
e, desviando a minha atenção,
aquilo que seu decote revelava
levando-me a autocombustão.
Seu vestido alongado vermelho
com aquela gentil fenda lateral
foi o cruel golpe de misericórdia
já não havia mais como escapar.
Suas unhas longas e vermelhas
garras firmes de fera devassa
cravou-as em meu peito arfante
e o grande caçador de outrora 
perante a deusa Diana se fez caça.

Valter Montani

*imagem meramente ilustrativa montada com foto de Monica Bellucci

Visite meu blog de cartões: POETACARDS 
Selos & Prêmios: GALERIADOPOETA 
Livro Virtual: POESIAS E PENSAMENTOS
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTS MAIS COMENTADOS