14/10/2010

Sonhos poéticos

Na penumbra da noite,
uma mulher provocante
flutua seu belo corpo no ar.

Observando o sensual bailar
eu obtenho o combustível
para meu coração acelerar.

É no bombear desta máquina
que o meu sangue arejará
levando vida através do corpo.

E, através do mesmo sangue
para  dentro de meu cérebro
desejos também transportará.

A mulher  sem a menor dúvida,
habita e alimenta os meus sonhos
inquietante impulsiona-me a criar.

Valter Montani 
Visite meu blog de cartões: Poetacards
Selos para parceiros e visitantes: pegue aqui
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTS MAIS COMENTADOS