21/05/2010

Pecados de amor (saindo da gaveta)

Se amar-te foi um pecado,
então já estou sentenciado.
Meu corpo já não me pertence,
minha mente foi subjugada,
pertinaz, só tenciona ter-te.
Espero de Deus, apenas piedade
quando penitente eu morrer de amor
tenha da minha dor, compaixão
e absolva o espírito deste homem
que em desatino para ti entregou:
o corpo, a alma e o coração!

Valter Montani
PS.: Este escrito estava perdido, no fundo da gaveta, ai eu pensei:
porquê não publicar? e ai está. Hoje, depois de tanto tempo passado, enxergo claramente o verdadeiro significado de tudo. Mas, na época, sem experiência de vida, confesso ter dado mais importância para a situação do que ela realmente merecesse. Este é o segredo da vida, temos que aprender pelo amor ou pela dor. Eu, aprendi das duas maneiras.saudações!
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTS MAIS COMENTADOS